Arquivos Traição - Elídio Almeida

Traição

Desde que comecei a trabalhar com Terapia de Casal em Salvador, notei que uma das maiores preocupações e medo de quem está envolvido em alguma relação é o temor de ser traído ou traída. Por isso é muito comum as pessoas se perguntarem Por que as pessoas traem? Ou qual a razão que leva uma pessoa a trair? Se estas são perguntas que não saem da sua cabeça, saiba que não existe uma causa única. Cada pessoa tem uma motivação (ou justificativa) diferente para – como falamos no post anterior – quebrar o contrato da relação. A questão é que, quando iniciamos e cultivamos um relacionamento, nosso desejo é que apenas um ao outro se baste, mas quando menos se espera, você descobre que foi ou está sendo traída ou traído.

No post de hoje vamos compreender melhor esta problemática da traição e saber o que os estudos e a experiência com a Terapia de Casal em Salvador pode nos revelar sobre o este tema.

Logo após a surpresa da traição, surge uma avalanche de questionamentos que passam desde você se considerar culpado ou culpada pela traição (veja aqui), até mesmo perguntar aos sete ventos o que pode ter levado seu companheiro ou companheira a lhe trair. Embora seja muito difícil passar pelo processo de uma traição, é ainda mais difícil ainda saber sua causa. Por isso é sempre importante buscar ajuda neste momento, para reduzir o impacto de tantas emoções e compreender melhor a situação. Em minhas pesquisas e estudos sobre o tema, associado à prática da Terapia de Casal em Salvador, tenho observado que são vários os motivos que levam à traição.

Terapia de Casal em Salvador tratamento para traição em salvador

Terapia de Casal em Salvador
Por que as pessoas traem?

Uns traem porque sentem que não deveriam se limitar a poucas experiências ou a exclusividade da relação monogâmica. Outros simplesmente consideram que possuem esse direito, afinal culturalmente são criados dessa forma; especialmente os homens que, inclusive, acreditam que a traição faz parte da natureza masculina. Além do fato de existir aquelas pessoas que traem porque acreditam que jamais serão descobertas, aqueles que traem simplesmente por não controlar seus impulsos ou para dar o troco, pois, descobriram que foram ou estão sendo traídos.

Terapia de Casal em Salvador Elídio Almeida psicólogo em salvador

Terapia de casal:

VOCÊ CONHECE AS ETAPAS PARA SUPERAR UMA TRAIÇÃO?
POR QUE DÓI TANTO DESCOBRIR UMA TRAIÇÃO?
IMPOTÊNCIA SEXUAL MASCULINA: SAIBA COMO É O TRATAMENTO PSICOLÓGICO PARA ESTE PROBLEMA.

Como estudioso e pesquisador do tema, quero lhes apresentar uma resposta para seus questionamentos sobre “Por que as pessoas traem?” ou Qual a razão que leva uma pessoa a trair? Lembre-se que somos, homens e mulheres, animais moldados, ao logo do tempo, pela cultura, regras e convenções sociais e religiosas. Assim, sem em essa modelagem ou sem os limites da cultura, da sociedade e das religiões estamos todos aptos a ter quantos parceiros sexuais e afetivos quisermos e suportamos. Mas aí surge uma nova pergunta: por que, mesmo vivendo sob regras e normas culturais, sociais, religiosas morais as pessoas traem?

Terapia de Casal em Salvador psicólogo em salvador

As pessoas traem, primeiro, porque são biológica e organicamente aptas a isto; e, segundo, porque encontram as condições para estes comportamentos; terceiro,  e mais importante, porque não pensam nas consequências dos seus atos ao investir numa traição. Se os homens ou mulheres envolvidos numa relação pensassem e refletissem sobre as consequências de uma traição, certamente teriam três decisões a tomar:

  • não colocariam todo o investimento da relação em risco por algo pontual e normalmente sem futuro;
  • mesmo convictos que iriam trair, sabendo do impacto para a relação, terminariam a relação antes da traição;
  • não trairiam.

Refletir sobre as consequências das nossas escolhas e decisões é o que nos difere do homem primitivo. Quando uma pessoa age de forma a não pensar nas consequências do que faz para si e para as outras pessoas (especialmente se esta pessoa for sua companheira ou seu companheiro), ou seja, se ela não consegue controlar seus impulsos ou vive em conflito entre estes impulsos, desejos, compromissos e normas sociais, talvez ela esteja precisando de suporte para tratar algum transtorno psicológico e emocional.

Terapia de Casal em Salvador terapia para casal em salvador

Uma coisa que costumo sempre discutir com meus pacientes, especialmente nas Terapia de Casal em Salvador, é que o real motivo que gerou a traição pode estar no relacionamento; e é para a relação que devemos olhar nesse momento de crise. Não é  incomum notar como os casais têm dificuldades para expressar seus sentimentos e emoções e, muito por isso, criam idéias mágicas e irreais para resolver os problemas (a traição, por exemplo), quando poderiam dispor de vários outros recursos para compreender as dificuldades e resolver de forma adequada os problemas. Por isso gosto tanto do trabalho que faço com a Terapia de Casal em Salvador.

Se a traição é um tema que tem causado problemas em sua vida, não hesite em buscar ajuda para si ou para alguém que você queira ajudar. Penso sempre que relacionamento é para nos completar, não para nos destruir.

Superar uma traição – No post anterior, obre traição, falei sobre como é doloroso descobrir que seu companheiro ou companheira lhe traiu (veja). Naquele post também falei que escreveria algo falando sobre as etapas para superar uma traição; e hoje chegou a vez de falarmos sobre isso.

Você deve saber muito bem que ninguém nunca está preparado para encarar numa boa os fatos, quando descobre uma traição. Porém, é importante saber que se você tiver atitudes adequadas, certamente poderá superar esse trauma de modo a não sofrer demasiadamente. Desse modo conseguirá cicatrizar as sequelas emocionais provocadas pela traição sem maiores prejuízos. Isso inclusive pode fazer você extrair dessa experiência alguns aprendizados para a vida e para a relação. Isso mesmo, toda crise oferece a oportunidade de aprendermos algo e evoluirmos com ela.  E isso não é diferente nos casos de traição no relacionamento.

Superar uma traição psicólogo em salvador terapia

Descobri que fui traída. E agora?

Dia após dia em meu consultório tenho verificado que a primeira coisa que passa pela cabeça de uma pessoa que foi traída é a separação. Por isso, é sempre bom lembrar que separar sem compreender o caso ou deixar de passar pelas etapas que ajudam a superar uma traição pode não ser soluções corretas para os problemas vivenciados pelo casal. O importante é que, mesmo magoados, vocês consigam refletir sobre o histórico da relação, tudo que vocês viveram juntos, os eventuais motivos ou razões que tenham levado à traição. Isso é fundamental para rever as responsabilidades e compromissos de ambos neste momento tão delicado. E, o mais importante, vocês devem lembrar que qualquer casal pode – com orientação adequada e estratégias bem estruturadas e definidas – restaurar um casamento ou relacionamento que tenha sido desestabilizado por uma traição ou desconfiança no relacionamento.

Para atingir esse estágio, ambos precisam encarar a questão de frente (por mais doloroso que isso possa parecer). Isso deve acontecer com honestidade, sem chantagens emocionais, ameaças insanas, acusações indevidas, culpas e planos de vingança, como normalmente ocorre entre os casais em crise. Seguindo passos adequados, qualquer traição pode ser superada, muito embora isto não seja uma tarefa fácil, pois o casal precisa ter paciência e investir em estratégias eficazes para superar uma traição. 

Para superar uma traição, algumas etapas precisam – necessariamente – ser vividas. Cada uma dessas etapas possui seu tempo, por isso, preparei uma listinha com as seis etapas. Conhece-las pode te ajudar a superar uma traição.

Verifique se você já passou por todos elas e compreenda como lidar com cada momento e situação.

1. Surpresa

vício em celular psicólogo em salvador

No geral, as pessoas visualizam em seu companheiro ou companheira uma imagem de pessoa idealizada. Isto é, veem no outro uma pessoa perfeita, fiel, amorosa, exemplar e diferente de todas as demais. Todavia, com a descoberta de uma traição, há aquela surpresa extremamente dolorosa e surpreendente que, de um momento para o outro, faz aquela imagem de perfeição ser revista e modificada.

Ou seja, a revelação da traição é algo muito dolorido, já que desmorona toda a idealização do parceiro ou parceira. É nesse momento que as pessoas têm a impressão de que se relacionavam com alguém que no fundo não conheciam. Praticamente todo mundo que é traído vive essa fase. O momento da descoberta é muito difícil, porque paralisa feito um grande choque com uma alta descarga de energia emocional. A pessoa fica sem ação, e sofre demais por isso pensa que nunca vai superar uma traição.

2. Negação

Superar uma traição psicólogo em salvador ciúme doentio psicólogo em salvador

É muito comum que as pessoas quando descobrem ou tem fortes evidências que estão sendo traídas procurem negar o fato da traição. Como vimos no item acima “surpresa”, geralmente há uma idealização do parceiro ou parceira e qualquer coisas, inclusive os primeiros sinais de uma traição são prontamente negados.

Nessa etapa, muita gente se dispõe a “ver para crer” e finge não notar os indícios (às vezes, claríssimos) da traição, agindo como se o problema não existisse. Há pessoas que preferem não tomar conhecimento do que pode estar acontecendo e insistem em afirmar para si mesmas dizendo que “isso não é verdade” ou tentam esquecer/fugir do problema.

No consultório, percebo muitos casos em que, às vezes, os pacientes até deixam a psicoterapia quando percebem que há fortes indícios de traição na relação em que vivem. Obviamente que estas pessoas preferem negar os fatos e optam por viver na fantasia idealizada da perfeição. No entanto, nem todos passam muito tempo na fase da negação. Muitos, após a surpresa da descoberta, vão direto à próxima etapa: a raiva.

3. Raiva

medo do desconehcido medo-do-novo psicólogo em Salvador elidio

A raiva no contexto da traição funciona mais ou menos como um mecanismo de autodefesa. Através da raiva você tende a acreditar que odiando seu companheiro ou companheira seu sofrimento irá diminuir. É como se em seu pensamento fosse elaborado algo como: “é muito menos dolorido sentir raiva e jogar toda a culpa nele/nela do que parar para refletir e tentar compreender se havia algo de errado na relação”.

Há, ainda, nestes casos, um acesso de raiva aumentado, justamente por você se considerar responsável por tudo que está acontecendo. Juntamente com isso vem o desejo inconsciente de camuflar a própria culpa por ter “levado” o parceiro ou a parceira à traição.

Esses pensamentos vêm, pois você percebe que estava dando pouca atenção ao relacionamento, havia um desleixo físico, comunicação truncada etc. Nesse ponto você até fica confusa(o) entre a raiva que sente de si e a raiva de quem lhe traiu. Por esta razão que a etapa da raiva é produtiva, pois, ao contrário da surpresa, ela gera movimento, ação, questionamentos e reflexões sobre a relação.

4. Mágoa

Superar uma traição psicólogo em salvador ciúme doentio psicólogo em salvador

Depois de um tempo, é comum que a raiva passe ou, no mínimo, seja diminuída; mas aí vem outra etapa que faz você sofrer bastante: a mágoa. Sem esse sentimento no caminho, a pessoa traída não consegue pensar também naquilo que perdeu de positivo ou naquilo que realmente importava na relação. Ou seja, a mágoa faz você lembrar de tudo de bom que vocês viveram, de tudo que foi construído, mas que foi colocado em risco, muitas vezes, por uma aventura.

Por isso a mágoa faz com que – diferente das etapas anteriores – a relação possa a ser vista como um todo, com diversos bons momentos partilhados, e não somente como um episódio ruim.

Claro que dói muito passar por esta etapa, mas é uma fase importante de aprendizado: “Os prós e os contras são avaliados com maior critério” e a relação começa a entrar no eixo para tentar superar uma traição.

5. Perdão

Superar uma traição psicólogo em salvador terpia de casal

Até atingir essa etapa, muita dor costuma ser vivenciada por quem descobre que estava sendo traída(o). Entretanto, após ter passado pelas etapas anteriores, nesta fase as reflexões começam a acontecer de forma mais racional. Aqui  já é possível parar e compreender a traição de uma forma diferente. Entendendo suas razões e avaliando se tais motivos podem ou não continuar a interferindo na relação.

Neste momento você já consegue compreender de forma mais adequada tudo que aconteceu e, inclusive, consegue visualizar os aprendizados dessa experiência. Daí pode perdoar seu companheiro ou companheira, especialmente por ter segurança sobre a probabilidade da traição ocorrer novamente ou não. Assim, com exceção de situações escandalosas e/ou publicamente constrangedoras, a traição sexual não é o fator determinante para a ausência de perdão, mas, sim, a própria escala de valores de cada pessoa.

Em outras palavras, as razões pelas quais as pessoas têm dificuldades para perdoar nem sempre estão ligadas a exclusividade sexual, ao orgulhou a opinião dos outros. Em geral, os motivos são muito mais profundos, ligados à confiança, lealdade e a desconstrução de sonhos e expectativas.

Mas, se a escolha é perdoar, é preciso fazer isso de verdade, compreendendo e aceitando os fatos. Mas, como você bem sabe, não é tão simples perdoar. No geral temos grande dificuldade de nos colocarmos no lugar do outro para tentar compreender suas atitudes.

6. Superação

Superar uma traição psicólogo em salvador

Nesta etapa você já conseguirá enxergar a traição como uma ferida maior ao vínculo afetivo do casal. Isso quer dizer que conseguirá enxergar mais a própria ferida na questão sexual. Porém, muitos casais passam por situações de infidelidade e até conseguem perdoar em razão da parte boa que os une, mas têm – na mesma medida – dificuldade para avançar na questão da superação.

Muita gente até diz que superou uma traição, mas, na realidade, não superou o episódio e com isso ele se torna um fantasma na convivência do casal. Quando isso acontece o tema sempre encontra uma brecha nas conversas, desentendimentos, brigas ou desavenças do casal. Dessa forma, acaba configurando um abismo sem fim na relação.

Por outro lado, muitas pessoas acreditam que superar significa esquecer que a traição aconteceu na vida do casal. E isso é uma bobagem. É muito comum as pessoas chegarem ao meu consultório dizendo que querem esquecer que foram traídas.

O mais recomendado nesses casos é aprender a olhar os acontecimentos de forma mais adequada. Após passar pelas etapas de superação de uma traição, ter sempre a experiência na lembrança. Não com rancor e sim com o aprendizado, para que tudo que foi vivido sirva de referência para as atitudes que o casal precisa ter daquele momento em diante.

sofrimento terapia de casal psicólogo em salvador

Superar uma traição não é fácil.

Espero que esta lista sobre as etapas para superar uma traição tenha trazido algumas informações úteis para a sua vida. Talvez também seja útil para alguém que você conheça. Compartilhe nas suas redes.

Se você compreender a importância desse passo a passo terá a tranquilidade necessária para passar por cada uma dessas etapas. Isso já será uma evolução na crise do relacionamento. No entanto, se precisar de um auxílio mais específico voltado à sua necessidade, procure ajuda profissional especializada. Lembre-se que você seu relacionamento, mesmo diante de algo ruim como a traição, merece ser restaurado.

Por que dói tanto descobrir uma traição? Certamente você tem as respostas para essa pergunta. Mas não deve ser nada fácil se deparar com todas elas de uma hora para outra. Ninguém entra numa relação para ser traído. Depois de descobrir que você foi traída uma coisa há uma certeza. Você sabe que isso causa um enorme estrago em sua vida e no seu relacionamento.

A dor de uma traição vem de vários sentimentos. Sonhos e expectativas criadas desde o início da relação (ou antes mesmo dela). De repente, você percebe que tudo não passou de uma grande ilusão. Ou que sua inteligência foi subestimada. A sensação é que você fez um tremendo papel de “idiota”. O pior que isso foi provocado justamente por alguém que você tanto confiou.

traição terapia de casal em salvador elidio almeida

Ninguém deseja ser alvo de traição ou de infidelidade no relacionamento, não é mesmo? No entanto, quando isso acontece você pode ter diversas reações comportamentais e emocionais que nem mesmo você consegue controlar. Justamente por isso que é importante você estar preparada para lidar com esse momento tão delicado. Caso você não esteja forte, a traição pode dificultar ainda mais o momento de frustração e de dor.

Se você não souber tomar a atitude adequada, você pode pôr tudo a perder.

Instagram Elídio Almeida Psicólogo terapia de casal

Como blindar o casamento contra traição?

Muita gente ande dizendo por aí que você pode blindar seu relacionamento para que uma traição não ocorra. Você já deve ter percebido que esse papo de blindagem de relacionamento é uma tremenda bobagem. Isso só tem deixado as pessoas acomodadas e – com isso – abrindo brechas para que a traição efetivamente ocorra.

Justamente por essa ilusão que uma traição jamais atingirá seu relacionamento, você termina vivendo no mundo da lua, ou acreditando numa fantasia de confiar completamente em seu companheiro ou sua companheira e, com isso, se distanciando da realidade.

traição terapia de casal em salvador elidio

Em outras palavras, o efeito dessa tal blindagem acaba sendo completamente o contrário. Quando você acredita que nada levaria o outro a trair, você se acomoda. É justamente por conta desse comodismo que pode surgir a possibilidade de uma traição, pois você está tão segura ou seguro disso que as coisas podem acontecer bem debaixo do seu nariz e você nem nota.

Isso significa dizer que essa espécie de blindagem não impede que uma relação atravesse os problemas de uma traição. Todo esse papo de blindagem é uma ilusão. Ela tenta transformar filhos, dinheiro, sexo, crenças ou amor em garantias de fidelidade. Na prática, não é bem assim que as coisas acontecem.

Momento difícil após a traição.

Quem foi traída ou traído costuma se comparar muito com a outra pessoa que foi objeto da traição. Claro que isso ocorre quando é possível e quando se tem condições de saber quem é essa pessoa. Quando não se dispõe ou não se tem acesso a estas informações a situação é ainda pior, pois sua imaginação costuma pensar sempre nas piores possibilidades e isso faz você sentir-se muito inferior, horrível, sem graça e menos inteligente que qualquer outra pessoa no mundo.

São essas, dentre outras razões, que fazem uma traição doer tantoSomos criados e “treinados” para acreditar cegamente na fidelidade. A partir disso, passamos a agir sem esperar que justamente aquela pessoa que já lhe deu tantas provas de amor e tem com você aquela relação acima de qualquer suspeita jamais iria lhe trair.

A pessoa traída sente-se completamente sem chão.

Porém, quando isso acontece (e todos nós estamos sujeitos ou propensos a isso), tendemos a nos sentir TRAÍDOS (no sentido mais amplo da palavra), não só pela questão sexual, mas – principalmente – pela questão da confiança, dos projetos de vidas elaborados em conjunto. Ou seja, por todos os bons momentos vividos ao longo da relação.

Os estudos têm apontado (e tenho verificado isso diariamente no meu consultório) que quem é traído fica muito mais magoado pela descoberta da capacidade que o outro teve de arriscar todo um projeto de vida feito a “dois” por uma aventura qualquer. Mais ainda, por subestimar suas habilidades ao ponto de achar que nada daquilo seria descoberto.

A pessoa traída costuma se sentir um lixo. Isso afeta toda sua vida, pois desconstrói todo um passado vivido. Detona todo a expectativa de futuro e dias melhores, mesmo que a relação siga em frente.

Toda essa desconstrução causada pela traição dói exacerbadamente. Isso ocorre, pois, devido a decepção gerada você passa a perceber que não conhecia seu marido ou sua mulher tão bem como pensava. A partir daí você passa a sentir raiva não só de quem lhe traiu, mas também passa a sentir raiva de si e tende a considerar que – de alguma forma – você também é responsável por isso.

traição terapia de casal psicólogo em salvador.

Essa dor tende a aumentar significativamente após você atingir o estágio de pensar em separar-se definitivamente, mas, ao mesmo tempo, começa a pensar que nunca mais vai encontrar ou confiar em alguém novamente, especialmente encontrar alguém que possa ser fiel. Assim, tudo provocado pela traição torna sua perspectiva de vida extremamente insegura e você passa a perder a esperança de ser feliz novamente.

 

Depois farei um post aqui no blog falando sobre os estágios emocionais vivenciados após a descoberta de uma traição.

 

Gosto sempre de sinalizar a meus pacientes que neste momento – após descobrir que você foi traída ou traído –  é altamente importante compreender bem o que está acontecendo e, mesmo diante de toda dor provocada pelas descobertas tão desestruturantes e pelas exposições geradas, devemos ter em vista a continuidade da vida. Aliás, faz parte da nossa gene desejarmos possuir ou estar num relacionamento.

Dessa maneira, por mais trágico e doloroso que possa parecer o momento da descoberta de uma traição, devemos procurar aprender com os erros do passado e do episódio de traição. Só assim tenderemos a não repeti-los novamente neste ou noutros relacionamentos.

infidelidade-no-casamento- traição psicólogo em salvador

Por isso, penso que mesmo diante dos sofrimentos e dores da traição, tudo é ainda mais sofrido quando estamos sós, por isso lutamos tanto para restaurar e sofremos tanto quando vemos nossa relação indo pelo ralo. Esta pode ser uma excelente motivação para que você busque ajuda profissional. Afinal este é um momento tão delicado em que você não consegue encontrar saídas para nada em sua vida.

A solidão também assusta, e, por mais que doa uma traição, sempre há uma chance de extrairmos desse trágico episódio algum aprendizado para mudarmos não só a forma de enxergarmos essa ou outras relações, mas, especialmente, mudarmos nossa vida para que tenhamos melhores aproveitamentos de cada momento vivido a dois, além de uma percepção fiel da realidade vivida num relacionamento. Pense nisso.

Qualquer relacionamento – a depender do interesse do casal – pode ser restaurado após uma traição. Mas sempre haverá marcas.

Uma traição normalmente é algo muito dolorido, sofrido  e tem o peso de uma  enorme pancada emocional. Para superar uma traição devemos saber muito bem quem somos, quais nossas prioridades, quais nossos valores pessoais e culturais, especialmente saber o que desejamos e o quanto estamos dispostos a negociar e abrir mão seja para romper definitivamente a relação ou seguir em frente. Às vezes você pode conseguir fazer essa análise sozinho ou sozinha, mas é sempre importante contar com um suporte profissional neste momento tão difícil e delicado, para lhe ajudar a compreender melhor todos esses contextos.

traição no relacionamento terapia de casal em salvador psicólogo

Descobri que fui traída.
O que faço?

Em um relacionamento nem sempre percebemos de imediato que estamos sendo traídos. Em geral, somos otimistas e mesmo diante de pistas que evidenciam uma traição, tendemos a ignorá-las e achar que uma traição jamais aconteceria com a gente, não é mesmo? Esse otimismo muitas vezes nos deixa cegos. Por exemplo, se fossemos somente pessimistas (vou ser traída), como alguns defendem, jamais entraríamos em nenhum relacionamento, pois, com isso, evitaríamos todos os problemas causados por uma traição, caso ela ocorresse. Todavia somos humanos – seres sociais – e não conseguimos viver bem se passarmos nossa vida eternamente sozinhos, mesmo que as estatísticas acerca da traição em relacionamentos sejam sempre assustadoras.

Para você ter uma ideia, os estudos sobre os relacionamentos na atualidade apontam que 76,4% dos homens e 48,3% das mulheres que estão envolvidos em algum tipo de relacionamento amoroso tiveram ao menos uma experiência de traição durante o relacionamento. Assim, se nos apegássemos apenas a estes dados, certamente nem arriscaríamos investir num relacionamento, pois a probabilidade de uma traição ocorrer seria bastante alta e, em função dos possíveis estragos emocionais optaríamos por não correr este risco.

traição no relacionamento terapia de casal em salvador elídio almeida psicólogo

Porém a nossa necessidade de contato afetivo e amoroso sempre tem falado mais alto, aguçando nosso otimismo e nos levando sempre a tender a apostamos (alto), na expectativa de sermos premiados com um relacionamento de sucesso caracterizado pela monogamia, fidelidade e sem traições. Par você ter uma ideia de como isso funciona na prática, é como se eu dissesse para você que há 75% de chance de um determinado viaduto desabar e, diante disso, tenho certeza que você  jamais passaria com seu carro pelo tal viaduto. Já nos relacionamentos ocorre o contrário, sempre tendemos a arriscar, acreditando que no futuro as coisas mudem ou melhorem. Mas de repente tudo desaba e você fica sem chão.

Embora ser traído ou traída seja a última coisa que você deseja em sua vida e em seu relacionamento, às vezes você precisa decidir de maneira muito rápida entre continuar com a pessoa que você amou e investiu todo seu afeto até aquele momento ou finalizar essa relação em função da descoberta de uma traição.

traição no relacionamento terapia de casal em salvador

Lógico que cada caso difere um do outro e sempre tendemos a buscar ajuda nas pessoas de nossa confiança que já passaram por isso ou podem nos aconselhar de alguma forma. Justamente nesse momento muitas pessoas ficam ainda mais confusas, pois terminam recebendo orientações equivocadas, nas quais as pessoas tomam partido por um ou outro lado Às vezes torcem tanto  para ver vocês juntos ou separados que são logo incisivas em sugerir que você esqueça tudo e dê mais uma chance ou, até mesmo, sugere que separe imediatamente e parta logo para outra.

terapia de casal psicólogo em salvador relacionamento em crise

Solução para a traição

Por isso, é sempre recomendado que neste momento tão conturbado em sua vida e que lhe falta ânimo e controle emocional para tudo, que você conte com ajuda profissional e invista em seu bem estar para compreender de maneira adequada os acontecimentos, conhecendo mais sobre si e verificar os rumos mais adequados para sua vida e sua relação a partir desse trágico contexto.  A Terapia de Casal ou até mesmo uma psicoterapia individual pode ajudar bastante nesse processo. Pense nisso e invista em sua relação. Invista em você!

20/09/2015
Terapia-de-Casal-em-Salvador-psicólogo-elídio-almeida

Terapia de Casal: por que as pessoas traem?

03/09/2015
Superar uma traição psicólogo em salvador

Você conhece as etapas para superar uma traição?

25/05/2015
traição terapia de casal em salvador

Por que dói tanto descobrir uma traição?

22/05/2015
traição-no-relacionamento-terapia-de-casal-em-salvador-psicólogo-relacionamento-1

TRAIÇÃO: O que fazer quando se descobre uma traição no relacionamento?

Agende pelo WhatsApp