Arquivos Pessoas que já tiveram outro relacionamento - Elídio Almeida

Pessoas que já tiveram outro relacionamento

Frequentemente, homens e mulheres me procuram no consultório para entender por que estão com dificuldade para iniciar um relacionamento sério. Todos são unânimes em dizer que, hoje em dia, é muito tranquilo conseguir um parceiro para uma transa. No entanto, percebem que não tem sido tão fácil encontrar alguém para construir uma relação sólida e duradoura. Além disso, essas pessoas contam que muitos dos que seriam candidatos a um namoro ou casamento já viveram outros relacionamentos. Esse fato gera uma dose de insegurança e provoca um questionamento:  Pessoas que já tiveram outro relacionamento são mais problemáticas?

Se você já se deparou com esse dilema, precisamos conversar. Ainda hoje, vivemos uma ilusão de casarmos com o nosso primeiro namorado ou namorada e vivermos juntos até a velhice. Porém, quase nunca essa fantasia se torna uma realidade. Lidar com essa frustração tem importunado muita gente.

Desse modo, é importante você saber que um relacionamento anterior não necessariamente representará problemas na relação atual. Muitas vezes, isso não passará de uma experiência vivida por você ou pelo seu parceiro ou parceira. Noutros casos, a relação anterior será apenas uma característica do histórico com que vocês precisarão conviver no decorrer da relação atual, especialmente se a relação passada tiver gerado filhos. Até já escrevi um post aqui no blog sobre essa questão. Veja aqui. Com a finalidade de entendermos mais sobre esse assunto, hoje vamos discorrer um pouco mais sobre esse tema.

Pessoas que já tiveram outro relacionamento são mais problemáticas?

Cada casal é único e toda relação gera algum problema durante a convivência. Por isso, não existe regra para o surgimento dos problemas no casamento. Mesmo cientes disso, precisamos compreender de onde vem esse temor em relação às pessoas que já tiveram relacionamentos.

A explicação é simples. As pessoas são egoístas e inseguras. Diante disso, elas não conseguem lidar com tranquilidade com a experiência e a bagagem que o namorado ou namorada traz da relação anterior. Ou seja, essas pessoas não conseguem enxergar que uma parcela do problema está nelas mesmas. Elas até gostam e possuem afinidades com o companheiro ou companheira, mas o comportamento egoísta não as deixam viver em paz com o passado do outro. Isso contribui para não aceitarem a outra pessoa como ela é. Ou seja, não conseguem conviver com o histórico que a outra pessoa traz de experiências e relações passadas. Pessoas assim usam do artifício de culpabilizar o passado do outro pelos conflitos da relação atual.

Claro que pode ocorrer de o passado realmente trazer problemas para o presente. No entanto, a imensa maioria dos problemas reside no fato de transformar esse passado num conflito que poderia não existir se você não se sentisse inseguro ou ameaçado com ele.

O que podemos aprender com as relações anteriores?

Toda experiência nos traz aprendizados. Por conta disso, sempre vamos encontrar casais que trazem bons ou maus elementos da experiência dos relacionamentos anteriores.

Obviamente que os aprendizados são colecionados também por observação e seleção de coisas que queremos construir ou banir no nosso relacionamento. Esses referenciais podem vir da experiência de terceiros: nossos pais, amigos, casais e relacionamentos a que temos acesso. Seja qual for a forma com que outras relações interfiram na sua vida afetiva atual, isso demonstra que várias pessoas iniciam um relacionamento sabendo exatamente aquilo que querem. Mas podem estar deixando de conhecer o outro antes de firmar compromisso ou criar expectativas.

Conhecer bem o parceiro ou parceira é fundamental.

Compreender suas características pessoais, e também as do outro, levará você a avaliar se possui repertório para lidar com a história trazida da relação anterior. Tentar desconstruir a história do outro ou lidar como se ela nunca tivesse existido costuma não dar certo. Minha experiência como terapeuta de casais mostra que quanto mais os pares se conhecem e se aceitam, menos problemas eles enfrentam. Isso se aplica a todas as fases da relação.

Em vista disso, uma dica. Quando você se questionar se a relação dará certo ou não somente pelo fato de o outro já ter tido uma experiência, pergunte a si mesmo se você tem repertório para aceitar e lidar com esse passado. Seguindo esse passo, você perceberá que as possibilidades de encontrar alguém para um relacionamento sério aumentarão. Com o avançar da relação, você verá que, quando os problemas da relação surgirem, você saberá dosar o impacto do passado frente aos problemas originados na relação atual.

Portanto, não são as pessoas que já tiveram outro relacionamento que são mais problemáticas. Às vezes, as histórias do passado e do presente se fundem, ressaltando nosso egoísmo e insegurança. Conhecer é o melhor remédio. Se a opção for aceitar, com certeza, doerá menos.

22/08/2018
pessoas que já tiveram outro relacionamento são mais problemáticas?

Pessoas que já tiveram outro relacionamento são mais problemáticas?

Agende pelo WhatsApp