Tricotilomania-tratamento-psicológico-em-salvador

Tricotilomania. Você sabe o que é?

Tricotilomania é um transtorno psicológico mais conhecido por seus sintomas do que pelo seu nome. O principal dos sintomas é a mania de arrancar/puxar os próprios cabelos ou pêlos do corpo. O início pode ocorrer na infância ou adolescência e continuar ao longo da vida. Ansiedade e depressão frequentemente acompanham o quadro.

Tricotilomania sombrancelha psicólogo em salvador

Já falei aqui no blog sobre comportamentos que provocam a dor física e trazem consigo uma compensação secundária: desviar o foco da dor emocional (veja aqui). A tricotilomania é mais um comportamento que se enquadra nesse perfil.

A principal causa da tricotilomania é a ansiedade acompanhada de nervosismo e tensão. Para os ‘tricotilômanos’, essa sensação de ansiedade, nervosismo ou tensão é aliviada quando um fio de cabelo ou pêlo é arrancado conscientemente ou inconscientemente, causando prazer e de certa forma desviando o foco de um mal-estar maior.

Vale ressaltar que identificar a ansiedade, por exemplo, como causa da tricotilomania; é considerar que tanto a tricotilomania como a ansiedade são sintomas de uma raiz mais profunda que deve ser compreendida e trabalhada pelo paciente.

Tricotilomania barba psicólogo em salvador

Tricotilomania: arrancar a barba

Há situações em que tudo começa arrancando um fio da sobrancelha ou da barba (no caso dos homens). Outra característica da tricotilomania é falta de controle de impulsos. O hábito de arrancar fios de cabelo ou pelos do corpo é feito, em muitos casos, inconscientemente. Em outros casos, a doença pode levar à ‘alopecia‘ (quando há falhas entre os cabelos). Em casos extremos, a doença pode chegar à calvície total.

Tricotillomania tratamento em salvador
diagnóstico e tratamento

A doença só é diagnosticada depois que o terapeuta descartar três hipóteses – esquizofrenia, retardo mental e depressão associada a algum tipo de Transtorno Obsessivo Compulsivo (TOC). Depois do diagnóstico, o tratamento é feito com sessões de terapia que levarão o paciente a compreendera causas e o que está mantendo esse comportamento, para em seguida, conhecer novas possibilidades de comportamentos mais adequados à solução da questão.

Tricotilomania tratamento psicológico em salvador

O principal tratamento para a tricotilomania a terapia comportamental. Com esta abordagem, uma pessoa com tricotilomania aprende a identificar quando e porque ela tem o desejo de puxar os cabelos. Há técnicas que ensinam formas mais saudáveis de relaxamento e outros comportamentos mais adequados para reduzir o estresse no momento de grande tensão. Esta nova atividade é chamada de resposta competitiva.

A terapia comportamental, além de ensinar comportamentos mais saudáveis, também aborda qualquer pensamento distorcido que pode estar sendo associado ao estresse que desencadeia o comportamento de arrancar os cabelos.

 

 

Dr. Elídio Almeida
Psicólogo | CRP 03/6773
(71) 98842-7744 Salvador – Bahia
elidioalmeida.com

Elídio Almeida
elidio@elidioalmeida.com

Psicólogo formado pela Universidade Federal da Bahia – Ufba, especialista em Terapia de Casal & Família, membro da Association for Behavior Analysis International (ABAI). Psicólogo clínico, faz atendimento individual, para casais e famílias. Oferece cursos de desenvolvimento pessoal, palestras, orientação vocacional e avaliação psicológica.

4 Comments
  • Dario Gomes
    Posted at 14:14h, 07 maio Responder

    Elídio Almeida, meu nome é Dario Gomes (não sou esse Dario da foto) e tive tricotilomania dos 11 aos 25 anos e só Deus sabe como sofri.Arrancava fio por fio e era um prazer indescritível.Não sentia dor e era como um alívio de coçar uma coceira e era sempre na parte central da cabeça(coroinha de padre) e não achava que era doença e sim uma mania.Pessoal me chamava de doido de retardado
    Meu pai que era médico raspava a minha cabeça, chamava hipnotizador e nada adiantava.Eu não tinha força de vontade para parar.Achavam que era pelada e eu tinha vergonha de falar.Parei porque a vontade diminuiu.Não saía nas ruas.Depois eu passei a arrancar os cabelos do corpo todo, menos da barba.Sinceramente eu não acho que isto é doença por causa do alívio da coceira.Ab, Dario

  • Izlene Gomes
    Posted at 18:52h, 20 janeiro Responder

    Olá meu nome é Izlene Gomes e eu estou com essa doença desde os meus 14 anos e vou fazer agora 17 e até agora não passa por mais que eu tento para de arrancar o meu cabelo eu não consigo. Teve um tempo até que eu arranquei quase todo cabelo da nuca..

    Eu queria saber melhor como me livrar desse vício Doutor por favor. .

    • Elídio Almeida
      Posted at 12:40h, 22 janeiro Responder

      Olá Islane!
      Obrigado pela participação. É importante que você procure ajuda profissional para identificar as causas e o que tem mantido esse comportamento, para assim adotar uma terapuetica adequada para o seu caso.

  • Elídio Almeida
    Posted at 07:02h, 29 setembro Responder

    Olá Tainara, bom dia! Considero importante que você procure ajuda profissional para verificar a situação e implementar um tratamento eficaz.

Post A Comment