terapia de casal melhor a comunicação

Terapia de Casal:
Como está a comunicação no seu relacionamento?

Terapia de Casal – Talvez você não saiba, mas uma das principais razões das brigas e desentendimentos nos relacionamentos são causados pela falta de uma comunicação de qualidade entre o casal.

Sim, quando um casal não consegue ter uma comunicação clara, objetiva e sem agressividades; abre espaço para o surgimento das desconfianças, do mal-estar e da perda do interesse na relação.

Se sua relação tem tido algum desses elementos e vocês já não conseguem sequer ter aquela tradicional DR e tudo é motivo para briga, esta mais do que na hora de vocês procurarem um profissional para auxiliá-los na solução destas questões e, imediatamente, iniciar uma terapia de casal.

 

terapia de casal melhor a comunicação psicólogo falta-de-comunicacao-entre-casais-30-465

 

Anteriormente, no post Brigas e discussões: Muitas vezes a causa está num passado mal resolvido, também falando sobre os problemas causados pela falta de comunicação fluida numa relação, eu disse que muitos casais não expressam adequadamente seus sentimentos e emoções, acumulam emoções e percepções – principalmente as mágoas – e quando resolvem expressá-las, fazem isso de forma extremamente inadequada e agressiva.

É como se, de repente, seu marido ou sua esposa desenterrasse algo de 1930 para “jogar na sua cara“, num momento totalmente inoportuno e descontextualizado. Quando isso acontece, a relação pode estar por um fio e o terreno da vida afetiva do casal passa a ser um campo minado onde todos ficam pisando em em ovos.

 

Como melhorar a comunicação na Terapia de Casal?

É impressionante como existem relações precisando melhorar a questão da comunicação. É muito comum termos mais ou menos o seguinte cenário: O casal já tem anos de relacionamento, acreditam conhecer profundamente um ao outro e, muitas vezes, fazem de tudo para não magoar ou causar decepções um ao outro.

 

terapia de casal melhor a comunicação psicólogo Elidio

 

Imbuído dessas ideais, vivem e agem como se tivessem uma bola de cristal ou um oráculo para antecipar tudo: nunca vão diretamente à fonte, estão sempre querendo adivinhar ou julgam conhecer os pensamentos do outro.

Pessoas assim até acertam, ou quem sabe até já acertaram algumas vezes e, por isso, passaram a acreditar que advinham o pensamento do companheiro ou companheira. Porém, isso é uma grande armadilha. Para se ter uma ideia, ouço com muita frequência mulheres dizerem que seus maridos amam determinado prato, atividades de lazer e até mesmo certas posições sexuais. Porém, quando sentem-se à vontade, estes mesmos maridos dizem que nunca fizeram tal afirmação e se fosse por vontade deles muita coisa seria diferente; ou vão além quando dizem que só não se manifestam para não magoar ou decepcionar suas esposas.

Na prática, essas atitudes correspondem a anulação de si mesmo que cada um pode estar fazendo na relação ao preço de querer agradar o parceiro ou a parceria, além do evidente perfil inassertivo –  e suas consequências – que cada uma mostra em tal situação.

 

Dificuldade de compreender o que o outros falam

 

Para você entender melhor a gravidade dessa comunicação deficitária num relacionamento amoroso, pense naquela época em que você brincava com seus coleguinhas na escola com aqueles telefones feitos com latas ou copos descartáveis unidos por um barbante.

Não é da sua época? Nunca brincou de construir seu próprio brinquedo? Não se preocupe, tentarei explicar que instrumento era esse.

O telefone de lata era um brinquedo utilizado pelas  crianças para imitar uma ligação de telefone. O invento consistia em unir duas latas por um barbante e utilizá-lo como telefone para comunicação a pequenas distâncias. O barato era perceber a transmissão das ondas da voz pela vibração do barbante, porém a qualidade não era das melhores.

 

terapia de casal melhor a comunicação psicólogo falta-de-comunicacao-entre-casais

 

Então, lembrou? Pois é, muitos casais ainda se comunicam de forma rudimentar como essa do telefone de latas. Mesmo hoje com todos os novos recursos disponíveis para facilitar a expressão desses sentimentos e emoções, muito casais optam por calar-se, postergar ou acabam explodindo como um vulcão em atividade.

Quando falo em novos recursos para facilitar a comunicação dos casais, não me refiro aos modernos smartphones que utilizam redes wifi de altíssima qualidade e velocidade, refiro-me às conquistas das mulheres, a desconstrução de tabus e preconceitos, da liberdade de expressões comportamentais que conquistamos desde a época em que brincávamos de telefone de lata até os dias atuais.

 

Melhorar comunicação do casal

 

Talvez você até já identifique que há em seu relacionamento muitos armengues e deficiências na comunicação. O que você precisa é descobrir e experimentar estratégias mais arrojadas, comunicações mais diretas, mais estratégicas e assertivas.

Ser assertivo significa dizer que você consegue expressar adequadamente seus sentimentos, emoções e percepções. Que possui mais foco e objetividade em seus diálogos e que não precisa se renunciar para agradar seu companheiro ou companheira.

 

 

terapia de casal melhor a comunicação psicólogo Elídio Almeida

 

Como psicoterapeuta de casais, noto que o treino de assertividade é uma das etapas mais produtivas no avanço da recuperação da qualidade de vida do casal e isso pode estar ao seu alcance também.

Mesmo que uma terapia de casal não seja possível nesse momento, já pode pensar em deixar de usar latas e barbantes para intermediar suas necessidades. Lembre-se que sua fase de improvisar, tentar dar um jeitinho ou fazer de conta que é real já passou. Num relacionamento precisamos agir com segurança e encarar as questões de frente.

 

Dr. Elídio Almeida
Psicólogo | CRP 03/6773
(71) 98842-7744 Salvador – Bahia
elidioalmeida.com

Elídio Almeida
elidio@elidioalmeida.com

Psicólogo formado pela Universidade Federal da Bahia – Ufba, especialista em Terapia de Casal & Família, membro da Association for Behavior Analysis International (ABAI). Psicólogo clínico, faz atendimento individual, para casais e famílias. Oferece cursos de desenvolvimento pessoal, palestras, orientação vocacional e avaliação psicológica.

No Comments

Post A Comment