traição terapia de casal em salvador

Por que dói tanto descobrir uma traição?

Por que dói tanto descobrir uma traição? Certamente você tem as respostas para essa pergunta. Mas não deve ser nada fácil se deparar com todas elas de uma hora para outra, depois de descobrir você foi traída. Uma coisa é certa, você sabe que isso causa um enorme estrago em sua vida e no seu relacionamento.

A dor de uma traição vem de vários sentimentos, sonhos e expectativas criadas desde o início da relação (ou antes mesmo dela) e que, de repente, você percebe que tudo não passou de uma grande ilusão ou que sua inteligência foi subestimada e você fez um tremendo papel de “idiota”, provocado justamente por alguém que você tanto confiou.

 

traição terapia de casal em salvador elidio almeida

 

 

Ninguém deseja ser alvo de traição ou de infidelidade no relacionamento, não é mesmo? No entanto, quando isso acontece você pode ter diversas reações comportamentais e emocionais que nem mesmo você consegue controlar. Justamente por isso que é importante você estar preparada ou preparado para lidar com esse momento tão delicado, no qual qualquer atitude equivocada pode dificultar ainda mais o momento de frustração e de dor.

Se você não souber tomar a atitude adequada, você pode pôr tudo a perder.

 

 

Como blindar o casamento contra traição?

Embora muita gente ande dizendo por aí que você pode blindar seu relacionamento para que uma traição não ocorra, você já deve ter percebido que esse papo de blindagem de relacionamento é uma tremenda bobagem que só tem deixado as pessoas acomodadas e – com isso – abrindo brechas para que a traição efetivamente ocorra.

Justamente por essa ilusão que uma traição jamais atingirá seu relacionamento, você termina vivendo no mundo da lua, ou acreditando numa fantasia de confiar completamente em seu companheiro ou sua companheira e, com isso, se distanciando da realidade.

 

traição terapia de casal em salvador elidio

 

Em outras palavras, o efeito dessa tal blindagem acaba sendo completamente o contrário: Quando você acredita que nada levaria o outro a trair, você se acomoda e é justamente por conta desse comodismo que pode surgir a possibilidade de uma traição, pois você está tão segura ou seguro disso que as coisas podem acontecer bem debaixo do seu nariz e você nem nota.

Isso significa dizer que essa espécie de blindagem não impede que uma relação travesse os problemas de uma traição. Todo esse papo de blindagem é uma ilusão que tenta transformar filhos, dinheiro, sexo, crenças ou amor em garantias de fidelidade, mas, na prática, não é bem assim que as coisas acontecem.

 

Momento difícil após a traição.

Quem foi traída ou traído costuma se comparar muito com a outra pessoa que foi objeto da traição. Claro que isso ocorre quando é possível e quando se tem condições de saber quem é essa pessoa. Quando não se dispõe ou não se tem acesso a estas informações a situação é ainda pior, pois sua imaginação costuma pensar sempre nas piores possibilidades e isso faz você sentir-se muito inferior, horrível, sem graça e menos inteligente que qualquer outra pessoa no mundo.

São essas, dentre outras razões, que fazem uma traição doer tanto.

Somos criados e “treinados” para acreditar cegamente na fidelidade e, a partir disso, passamos a agir sem esperar que justamente aquela pessoa que já lhe deu tantas provas de amor e tem com você aquela relação acima de qualquer suspeita jamais iria lhe trair.

 

A pessoa traída sente-se completamente sem chão.

 

Porém, quando isso acontece (e todos nós estamos sujeitos ou propensos a isso), tendemos a nos sentir TRAÍDOS (no sentido mais amplo da palavra), não só pela questão sexual, mas – principalmente – pela questão da confiança, dos projetos de vidas elaborados em conjunto e por todos os bons momentos vividos ao longo da relação.

Os estudos têm apontado (e tenho verificado isso diariamente no meu consultório) que quem é traído fica muito mais magoado pela descoberta da capacidade que o outro teve de arriscar todo um projeto de vida feito a “dois” por uma aventura qualquer e, mais ainda, por subestimar suas habilidades ao ponto de achar que nada daquilo seria descoberto.

A pessoa traída costuma se sentir um lixo e isso afeta toda sua vida, pois desconstrói todo um passado vivido e detona todo a expectativa de futuro e dias melhores, mesmo que a relação siga em frente.

Toda essa desconstrução causada pela traição dói exacerbadamente, pois, devido a decepção gerada você passa a perceber que não conhecia seu marido ou sua mulher tão bem como pensava. A partir daí você passa a sentir raiva não só de quem lhe traiu, mas também passa a sentir raiva de si e tende a considerar que – de alguma forma – você também é responsável por isso.

 

traição terapia de casal psicólogo em salvador.

 

Essa dor tende a aumentar significativamente após você atingir o estágio de pensar em separar-se definitivamente, mas, ao mesmo tempo, começa a pensar que nunca mais vai encontrar ou confiar em alguém novamente, especialmente encontrar alguém que possa ser fiel. Assim, tudo provocado pela traição torna sua perspectiva de vida extremamente insegura e você passa a perder a esperança de ser feliz novamente.

 

Depois farei um post aqui no blog falando sobre os estágios emocionais vivenciados após a descoberta de uma traição.

 

Gosto sempre de sinalizar a meus pacientes que neste momento – após descobrir que você foi traída ou traído –  é altamente importante compreender bem o que está acontecendo e, mesmo diante de toda dor provocada pelas descobertas tão desestruturantes e pelas exposições geradas, devemos ter em vista a continuidade da vida. Aliás, faz parte da nossa gene desejarmos possuir ou estar num relacionamento.

Dessa maneira, por mais trágico e doloroso que possa parecer o momento da descoberta de uma traição, devemos procurar aprender com os erros do passado e do episódio de traição, para não repeti-los novamente neste ou noutros relacionamentos.

 

infidelidade-no-casamento- traição psicólogo em salvador

 

Por isso, penso que mesmo diante dos sofrimentos e dores da traição, tudo é ainda mais sofrido quando estamos sós, por isso lutamos tanto para restaurar e sofremos tanto quando vemos nossa relação indo pelo ralo. E esta pode ser uma excelente motivação para que você busque ajuda profissional neste momento tão delicado em que você não consegue encontrar saídas para nada em sua vida.

A solidão também assusta, e, por mais que doa uma traição, sempre há uma chance de extrairmos desse trágico episódio algum aprendizado para mudarmos não só a forma de enxergarmos essa ou outras relações, mas, especialmente, mudarmos nossa vida para que tenhamos melhores aproveitamentos de cada momento vivido a dois, além de uma percepção fiel da realidade vivida num relacionamento. Pense nisso.

Dr. Elídio Almeida
Psicólogo | CRP 03/6773
(71) 98842-7744 Salvador – Bahia
elidioalmeida.com

Elídio Almeida
elidio@elidioalmeida.com

Psicólogo formado pela Universidade Federal da Bahia – Ufba, especialista em Terapia de Casal & Família, membro da Association for Behavior Analysis International (ABAI). Psicólogo clínico, faz atendimento individual, para casais e famílias. Oferece cursos de desenvolvimento pessoal, palestras, orientação vocacional e avaliação psicológica.

No Comments

Post A Comment