trânsito-psicologo-elidio-almeida-em-salvador

Trânsito: parece errado, mas o resultado é “bom”!

trânsito psicólogo em salvador elídio almeida

Trânsito – Dia desses, percebi a imagem acima circulando pelas redes sociais e, a partir de então, passei a reparar com mais afinco esse comportamento que ocorre dia a dia, no trânsito da maioria das cidades brasileiras.

Muito mais que uma manobra para subversão às regras de trânsito, tal atitude revela não somente características comportamentais das personagens dessa tragédia, como também configura um grande problema da nossa sociedade: o egocentrismo.

Enfrentar o trânsito nas grandes cidades não tem sido uma tarefa fácil e muitas vezes o tempo gasto nos engarrafamentos é o responsável pelos atrasos aos compromissos, menos tempo com a família, menos tempo para os negócios, estudos… menos tempo para viver.

A impressão geral é que todos estão sempre atrasados e, mais ainda, que a urgência de cada um é maior que a do outro.

trânsito psicologo elidio almeida em salvador

A partir da cena verificada na imagem-questão deste post, podemos imaginar quanto tempo cada um dos motoristas que estariam na fila correta aguardaria até sua vez para seguir seu trajeto; além da incômoda sensação de literalmente ser passado para trás por outro motorista que tenta levar vantagem na situação.

Embora, teoricamente, todos sejam unânimes em apontar o seguimento da regra como a mais adequada para esta situação, sabemos que o respeito no trânsito tem sido cada vez menos praticado e as tentativas para burlar regras e limites têm ganhado cada vez mais espaço.

Mas o que pode levar uma pessoa a ter tais comportamentos, mesmo sabendo que está ferindo regras de trânsito, o direito e espaço alheio?

Para responder esta questão, teríamos muitas possibilidades que iriam desde uma real necessidade de urgência até a total e egocêntrica crença de que cada pessoa pode criar sua própria lei, ao seu bel prazer, para atender exclusivamente suas necessidades.

motorista egoista transito louco salvador psicólogo elidio almeida

Agir com egocentrismo é agir de forma a priorizar exclusivamente a si (seus desejos, pensamentos e necessidades), construindo e mergulhando cada vez mais numa fantasia que atende exclusivamente as regras de quem as constrói, não enxergando a realidade e a importância da vida social, muito menos a necessidade das outras pessoas.

egoismo psicólogo em salvador

A questão é que ninguém nasce egocêntrico, mas como o resultado desse egocentrismo traz (teoricamente) consequências positivas para quem o pratica; este comportamento é cada vez mais repetido, não somente no trânsito, mas em qualquer situação, ou seja, quando o motorista fura o trânsito, corta a fila, trafega em via exclusiva e tanto outros malabarismos praticados no trânsito; ele é imediatamente “beneficiado”, pois consegue chegar mais rápido ao seu destino (ainda que de forma muito mais perigosa) e, no geral, esse motorista tem a conivência da falta de fiscalização e a anuência dos demais motoristas que permitem ou facilitam a passagem dos mais apressados.

transito salvador psicólogo elídio almeida

Como se instala o caos no trânsito

A partir daí, se instala uma situação que se agrava a cada dia, tornando o trânsito e todas as conivências e interações sociais um verdadeiro caos. De um lado, temos os motoristas infratores que nitidamente se beneficiam com a ação e do outro temos os órgãos reguladores e os demais motoristas que dão as condições para que o desrespeito aconteça.

Não obstante, os motoristas que são desrespeitados, via de regra, em algum momento oscilam entre a revolta de ser literalmente passado para traz e a certeza de que já fez, faz ou um dia faria as mesmas manobras que seu algoz, para obter as mesmas “vantagens”.

Por tudo isso, devemos considerar que estamos todos sujeitos às mesmas leis e desejamos sempre obter gratificações pelos nossos atos.

Um grande erro que cometemos, é que visamos sempre ganhos individuais, de forma egocêntrica. Com isso estamos transformando nosso habitat um lugar insuportável, caótico, totalmente insalubre.

Acredito que já está na hora de termos comportamentos diferentes ou então teremos os mesmos resultados de sempre (cada dia mais agravados).

Ser egocêntrico pode até dar certo agora, mas vale lembrar que somos seres SOCIAIS!

Dr. Elídio Almeida
Psicólogo | CRP 03/6773
(71) 98842-7744 Salvador – Bahia
elidioalmeida.com

Elídio Almeida
elidio@elidioalmeida.com

Psicólogo formado pela Universidade Federal da Bahia – Ufba, especialista em Terapia de Casal & Família, membro da Association for Behavior Analysis International (ABAI). Psicólogo clínico, faz atendimento individual, para casais e famílias. Oferece cursos de desenvolvimento pessoal, palestras, orientação vocacional e avaliação psicológica.

2 Comments
  • Renato
    Posted at 11:00h, 30 janeiro Responder

    Muito bom, eu particularmente sempre que estou em um engarrafamento indo a praia onde se tem aquelas vias de somente duas faixas e acostamento, sempre posiciono meu carro no acostamento para não deixar os espertoes furarem a fila, chega a ser engraçado como as pessoas atras do meu carro no acostamento ficam com raiva, como se estivessem certas que suas ações não trazem problema algum.

    • Elídio Almeida
      Posted at 10:01h, 31 janeiro Responder

      Olá Renato!
      Obrigado pelo contato. Realmente, muitas pessoas procuram levar vantagem em tudo, ainda que para isso estejam infringindo uma série de regras, acreditando que estão agindo adequadamente.Talvez os condutores devessem pensar mais na coletividade e praticar mais o respeito às pessoas e às normas de trânsito.

Post A Comment