catarse elidio almeida psicólogo

Catarse: Uma dica para mudar sua vida e trazer mais sucesso.

Para começar o post de hoje, onde falarei sobre catarse, quero compartilhar alguns sentimentos que foram expressados em algumas mensagens que recebi aqui pelo blog. Vejamos:

 

catarse psicólogo em salvador

 

Estou tentando passar em medicina há 5 anos e não tenho sucesso. Estudo o tempo todo, não faço outra coisa e mesmo assim não consigo passar no Enem e no vestibular.

Tenho um bom emprego, ganho bem, sou respeitado na minha área, profissionalmente estou onde sempre quis estar, trabalho o tempo todo e gosto do que faço, mas não entendo por que tem sido cada vez mais difícil levar essa vida.

Quero muito passar num concurso público, mas não estou conseguindo me concentrar nos estudos. Fico o tempo todo trancado no quarto, desligo o celular, não vejo televisão, não saio.Parece que quanto mais eu estudo, menos aprendo.

Talvez você conheça alguém que já tenha dito frases como as apresentadas acima. E acredite, vivemos num mundo onde cada vez mais pessoas vivenciam isso dia após dia e parece que quanto mais o tempo passa, mais essas pessoas se sentem infelizes. Muitos começam a usar remédios, estimulantes, forçam-se cada vez mais a estudar e a buscar concentração a qualquer custo, mas o resultado continua o mesmo, ou, às vezes, até piora.  

 

catarse terapia de casal em salvador

 

Meus pacientes e as pessoas que sempre acompanham meu blog já devem ter percebido que sempre falo que para ter resultados diferentes, os comportamentos também precisam ser diferentes. Claro que a dica para quem quer passar num concurso público ou num vestibular é estudar, mas estudar com qualidade de vida. Se você tem apenas estudado ou passa o tempo todo fazendo apenas isso e não tem atingido resultado esperado, está na hora de rever sua vida.

Desde já, a principal dica é fazer isso de forma diferente – de forma mais personalizada e adequada ao seu perfil. Por isso, hoje resolvi falar sobre Catarse: uma excelente dica para mudar sua vida e trazer mais sucesso.

Catarse e a falta de concentração para estudar

Muitas pessoas acreditam que dedicar-se exclusivamente a estudar é a receita de sucesso para provas, vestibulares e concursos. Ocorre que em muitos casos isso termina sendo prejudicial.

O termo catarse é utilizado desde a Grécia antiga para caracterizar a relação de identificação subjetiva ocorrida entre o público e uma obra de arte. Para a psicanálise, “designa a expressão de afetos ou impulsos, até então bloqueados por um mecanismo de defesa, que se extravasam no comportamento, na emoção e na palavra, no decurso de um tratamento psicoterápico”.

Para a psicologia, em outras palavras, “é uma técnica que visa o desaparecimento dos sintomas por meio da exteriorização dos traumatismos recalcados. Esta exteriorização pode efetuar-se verbalmente, emocionalmente e por meio de ações”. Na análise do comportamento, estas relações persistem, de modo ampliado em situações do nosso dia a dia.

Vou tentar explicar melhor tudo isso, para entendermos por que a catarse é uma excelente dica para mudar sua situação e trazer mais sucesso para nossas vidas.

 

 

catarse terapia em salvador

 

 

A Cartarse

Pois bem, como falei antes – catarse, na visão filosófica –  é o processo de identificação subjetiva entre a pessoa e a obra. Ou seja, é quando você se identifica com algo e passa introjetar isso em sua via de forma como se houvesse uma fusão e você passa a viver e experienciar todas as emoções e sensações daquele encontro. É algo parecido como quando você lê um livro e você não consegue parar de ler. Aquele livro dialoga com você de tal forma que te emociona ou faz com que as horas passem num piscar de olhos.

Pois é, nessa identificação e envolvimento você, mesmo sem perceber, sente-se revigorado, liberto e aí podemos dizer que há uma catarse. Observe que esse mesmo livro, para uma outra pessoa, pode não dizer nada, outra pessoa pode até parar no meio, porque não aguentaria chegar até o final e isso significa que a catarse é um processo de identificação que não ocorre plenamente para todos.

Dica importante:

Intercalar atividades pessoais de rotina e atividades profissionais com elementos que provocam catarse mostra-se altamente importante para o sucesso na vida das pessoas.

O importante nisso é que devemos ter momentos de catarse em nosso dia a dia (ou esporadicamente), principalmente se você tiver um cotidiano cansativo, cheio de pressões, com muitas responsabilidades ou se sua rotina te traz uma certa sensação de incômodo e mal-estar. Ou seja, de vez em quando precisamos nos distanciar ou fugir dessa realidade.

Fugir, não com a conotação de covardia, mas sim de distanciamento dessa realidade para que a gente não se veja apenas imerso nesse contexto necessário, mas que, de tão constante, torna-se exaustivo e desagradável. Precisamos entender que o ócio também é necessário e deve ter em nossa vida a mesma prioridade que as questões aparentemente mais urgentes.

Então, esse fugir seria na verdade um distanciamento dessa realidade mais hostil, para poder lidar melhor com ela.

Vou apresentar aqui nesse post três exemplos comuns de veículos que provocam catarse nas pessoas da nossa cultura, nos dias atuais.

 

entrevista psicólogo em salvador

 

Novela

A primeira delas são as novelas. Sim, as novelas são excelentes exemplos catárticos. Por quê? Sabe aquele momento entre 21h e 22h que cerca de 70% das televiões do País estão sintonizadas no mesmo canal? Então, naquele momento, a maioria das pessoas age com total envolvimento com a trama televisiva, que nos permite afirmar que, naquele momento, a vida cotidiana das pessoas que estão diante da tela tenha ficado de lado.

Digo isso, porque é nítido como as pessoas se apropriam do enredo, dos personagens, se envolvem naquele espaço, naquele tempo. As pessoas vivenciam, sentem dores, medo, angústia.

De alguma forma, as novelas dialogam com as pessoas e fazem com que muitas delas esqueçam um pouquinho a sua vida. E essa sensação catártica provocada pelo envolvimento com as novelas não é ruim, pelo menos por um par de horas diariamente.

Assim como as novelas, os filmes, as séries e outro programas televisivos, contribuem para a catarse na vida das pessoas. Há pesquisas que comprovam o que muitas empresas já adotam momentos para provocar a catarse em em sues funcionários: descontrair-se no ambiente de trabalho contribui para que a pessoa desenvolva com mais qualidade suas funções.

O Segundo exemplo são as artes (em geral). As músicas, por exemplo. Sabe a música que dialoga com você e te faz lembrar das suas últimas férias, do seu carnaval, um amor ou experiência do passado?

tribos urbanas psicólogo em salvador terapia de casal

Tem música que te remete àquele lugar que você visitou no inverno passado, as pessoas que você conheceu e que ainda traz excelentes recordações, são exemplos de como as músicas também têm esse potencial catártico. E assim como as músicas, podemos listar uma série de outros exemplos: a literatura, o teatro, a dança, as artes plásticas… Todas, de alguma forma, conseguem nos distanciar desse dia a dia, muitas vezes tão exaustivo, tão chato e difícil.

O terceiro exemplo de veículo catártico são os esportes. Claro que poderíamos falar aqui sobre todos os benefícios físicos que os esportes trazem pra a vida das pessoas, mas vou preferir destacar outro ganho – o ganho subjetivo.

Muitas vezes nem precisamos praticar determinado esporte para nos beneficiarmos com essa ação, basta acompanhar, torcer. É nítido ver como nossos hábitos e comportamentos mudam em épocas de Copa do Mundo, não é verdade? A grande maioria dos brasileiros vive o evento como se futebol fosse a única coisa feita todos os dias. Então, quando os esportes produzem identificação, envolvimento e claro CATARSE trazem consigo todos os benéficos para oxigenar nossa vida.

Mas, por que estamos falando de catarse?

 

Bem, se, de alguma forma estamos sempre buscando soluções para os problemas do mundo contemporâneo, talvez a melhor forma de buscar essa solução seja encontrar formas de lidar melhor com os problemas, seja nos distanciando ou até mesmo buscando meios de enfrentar a realidade, para depois trabalhar melhor nela.

É como costumo dizer aos meus pacientes: as pessoas tiram férias e viajam não somente porque elas querem conhecer outras realidades e outras culturas, mas também, porque não estar tão imerso no cotidiano é um bom modo de lidar com ele quando voltar.

Ficar durante muito tempo imerso em determinado contexto do cotidiano deixa as pessoas fatigadas e essa fadiga faz com que surjam sinais e sintomas como: insônia, dores de cabeça e pelo corpo, falta de apetite, diarréia, isolamento social, vontade excessiva de não sair da cama, mau humor, seborréia, melancolia ou até mesmo depressão, dentre outros. Ocorre que muitas vezes as pessoas começam a enxergar esses sintomas como problemas isolados, sendo que, na verdade, muitas vezes, eles são apenas sinais psicossomáticos do corpo, exigindo um pouco mais de liberdade.

 

terapia de casal em salvador

Um dos efeitos da catarse na vida das pessoas é a sensação de liberdade. De posse dessa sensação conseguimos viver muito melhor em todos os âmbitos da vida.

Essa é a mesma dica para tantas pessoas que têm objetivos tão bem definidos e focados. Lembra das citações no início deste post? Pois bem, o que todos eles têm em comum? Fazem a mesma coisa o tempo todo! Estas pessoas precisam entender que não se faz uma grande receita com apenas um ingrediente. Estudar, estudar, estudar estudar, estudar… Trabalhar, trabalhar, trabalhar, trabalhar… uma coisa só feita várias vezes satura, provoca fadiga e nosso corpo reage e termina por somatizar tudo isso em forma de cansaço, estresse, falta de concentração, desinteresse, depressão… Nesses estágios as pessoas precisam dinamizar e equilibrar tudo isso com veículos que provoquem catarse, seja novelas, músicas, futebol, um happy hour com os amigos, finais de semana, shows, férias…

O importante é sentir liberdade e encontrar o gás necessário para tocar a vida em frente. E lembre-se de que muitas vezes não conseguimos essas mudanças sozinhos e talvez valha a pena contar com ajuda profissional.

Dr. Elídio Almeida
Psicólogo | CRP 03/6773
(71) 98842-7744 Salvador – Bahia
elidioalmeida.com

Elídio Almeida
elidio@elidioalmeida.com

Psicólogo formado pela Universidade Federal da Bahia – Ufba, especialista em Terapia de Casal & Família, membro da Association for Behavior Analysis International (ABAI). Psicólogo clínico, faz atendimento individual, para casais e famílias. Oferece cursos de desenvolvimento pessoal, palestras, orientação vocacional e avaliação psicológica.

No Comments

Post A Comment