behaviorismo-radical- psicólogo em salvador

Behaviorismo Radical, por quê?

O leitor Ronaldo Telles me pediu um post com explicações mais detalhadas sobre alguns dos termos que leu em “Você sabe o que é Terapia Comportamental?”. Ronaldo deseja compreender melhor o que seria o Behaviorismo Radical e a Análise Experimental do Comportamento.

terapia comportamental
Behaviorismo Radical

Quando Skinner propôs o Behaviorismo Radical, definindo o comportamento como sendo um objeto de estudo da Psicologia, ao invés da mente ou da psique, ele entendeu que todo comportamento possui uma origem. É nesse sentido, de origem, que o termo “radical” relaciona-se a nomenclatura desta proposta terapêutica, pois tal palavra deriva do termo latino radix, o qual significa raiz, ou seja, aquilo que é básico e essencial. Como a palavra correspondente para comportamento em inglês é behavior, a expressão Behaviorismo Radical, portanto, significaria literalmente “raiz do comportamento”. A palavra radical, neste contexto, não está associada a radicalismo, significando extremismo, agressividade ou punição, como muitos poderiam pensar.

psicologia comportamental e ciencia

Análise Experimental do Comportamento

É um método de investigação utilizado para analisar comportamentos, baseado no método de produção de conhecimento das ciências naturais (como a Biologia e a Química) que compreende e modifica elementos essenciais que estão sendo estudados para obter melhores resultados em seus trabalhos. Para se alcançar esses resultados nas ciências naturais é necessário, além da realização de experimentos científicos, o acompanhamento e a acessibilidade dos dados. Assim, foi seguindo este modelo que a psicologia comportamental passou a utilizar os mesmos critérios científicos para estudar e compreender o comportamento humano, obtendo ainda mais credibilidade sobre seus trabalhos.

terapia-cognitivo-comportamental

Nos estudos experimentais de Análise do Comportamento os elementos essenciais são as condições ambientais nas quais estamos inseridos (o contexto) e os comportamentos que desenvolvemos em função deste ambiente. O psicólogo analista do comportamento, portanto, trabalha sistematicamente, nos mesmos moldes das ciências naturais, a relação entre o ambiente e o comportamento do paciente, identificando os efeitos decorrentes da ação realizada. Estimula-se o indivíduo a aprender modificar o ambiente para torná-lo mais agradável. Ou seja, neste processo o paciente, ao transformar o ambiente, também é transformado por ele.

behaviorismo radiacal psicologia

Sendo assim, andar, comer, ouvir música, calcular equações matemáticas, ter consciência de que existe, pensar sobre a própria finitude e amar são exemplos de comportamentos que podem ser estudados por um behaviorista radical. Em suma, qualquer fenômeno dentro do âmbito psicológico pode se constituir como objeto de análise. Assim, “o verdadeiro radical é aquele que tenta chegar à raiz das coisas, que não se distrai pelo superficial, vendo floresta no lugar de árvores. É bom ser radical. Qualquer pessoa que pense com profundidade será um deles”. Por isso, caro amigo Ronaldo, escolhi a abordagem comportamentalista como forma de trabalho, pois busco oferecer aos meus pacientes respostas científicas e concretas para seus problemas e juntos vamos sempre em busca da raiz desses comportamentos.

Dr. Elídio Almeida
Psicólogo | CRP 03/6773
(71) 98842-7744 Salvador – Bahia
elidioalmeida.com

Elídio Almeida
elidio@elidioalmeida.com

Psicólogo formado pela Universidade Federal da Bahia – Ufba, especialista em Terapia de Casal & Família, membro da Association for Behavior Analysis International (ABAI). Psicólogo clínico, faz atendimento individual, para casais e famílias. Oferece cursos de desenvolvimento pessoal, palestras, orientação vocacional e avaliação psicológica.

No Comments

Post A Comment