ciúme possessivo terapia de casal em salvador psicólogo

Ciúme Possessivo
controle e monitoramento que deixa a relação sufocada.

Ciúme possessivo – Essa semana duas personagens que são verdadeiros fenômenos na internet e nas redes sociais, as queridíssimas @IrmãZuleide e @GinaIndelicada, publicaram em seus perfis algo que parece refletir uma parcela significativa dos relacionamentos amorosos que muitas pessoas vivenciam hoje em dia!

Em ambas as publicações ficam evidente as características da possessividade, desconfiança e ciúmes existentes nas relações. Embora o conteúdo tenha sido divulgado por personagens fictícias da internet, esse comportamento é bastante real – presente em muitos relacionamentos – e pode refletir tanto os aspectos da insegurança, baixa-autoestima, como também o desequilíbrio emocional, o ciúme possessivo e doentio.

 

ciúme possessivo terapia de casal em salvador

 

De qualquer forma, parece que as pessoas que se comportam dessa maneira não enxergam o quão esses comportamentos são indesejados numa relação. Parece que elas não conseguem dimensionar o impacto de suas ações e ignoram completamente a condição da outra pessoa.

Percebam: o namorado (ou marido) em vias de perder um dos membros e a mulher está mais preocupada em quem acompanhou ele até o hospital!

Isso pode ilustrar para muitas pessoas, em especial os(as) ciumentos(as), quais são as reais consequências do ciúme. O bem-estar da pessoa que é alvo do ciúmes não é considerado em momento algum e é claro que, ao perceber isso, a pessoa que sobre com o ciúmes da outra não só diminui o gostar, como – inevitavelmente – perderá o interesse em manter essa relação.

Incrível como, muitas vezes, o(a) ciumento(a) faz tudo isso em nome do gostar, do amor, mas não enxerga como esse amor não é saudável.

 

ciúme possessivo terapia de casal em salvador elidio

 

A pessoa ciumenta, na maioria das vezes, está tão preocupada em vigiar e controlar a vida do seu(a) parceiro(a) que não percebe o quanto machuca e que, embora tenham excelentes argumentações teóricas, na prática, destrói tudo que diz sentir, pois os comportamentos são antagônicos. Por exemplo, o namorado que se diz ciumento porque ama e em nome desse amor, prende, limita e monitora exacerbadamente sua companheira.

 

O que causa o ciúme possessivo?

 

Muitas pessoas me perguntam qual é a causa do ciúme possessivo e de todos esses comportamentos que prejudicam a relação.

A causa desses comportamentos é sempre multifatorial, ou seja, cada caso deve ser analisado separadamente. Há casos em que a pessoa veio de um relacionamento em que foi traída e tende a achar que seu(a) parceiro(a) atual faria a mesma coisa.

 

ciúme possessivo terapia de casal em salvador celular

 

Também tem os casos em que na relação atual já possui um histórico de traição ou comportamentos suspeitos, além dos casos em que a pessoa trai tanto e tende a achar que a outra faz a mesma coisa que ele ou, ainda, o fato da pessoa ter transtornos mentais característicos do comportamento persecutório ou sempre estar em estado de desconfiança, associado aos fatores de baixa autoestima e insegurança, dentre outros.

É importante destacar que em todos esses casos, a causa principal do ciúme é a insegurança e, a partir dela, cria-se uma série de causas e efeitos danosos ao relacionamento.

 

Ciúme possessivo e a falta de liberdade.

 

O fato é que em qualquer relação ninguém gosta de ter sua liberdade tolhida, ou de viver naquela sensação constante de estar sendo vigiado e muito menos se sentir sufocado na relação.

Talvez o próprio ciumento saiba disso, mas mesmo assim insiste em perseguir, controlar e sufocar cada vez mais. O que ele não percebe é que quanto mais esse comportamento é repetido, mais a outra pessoa perderá o interesse na relação e passará a gostar cada vez menos, ao ponto da relação tender ao fim.

 

ciúme possessivo terapia de casal em salvador elidio almeida psicólogo

 

Solução para o ciúme possessivo.

 

Felizmente muitos casais não desistem nos primeiros obstáculos e, antes mesmo de partir para o fim da relação, optam por analisar a situação com o auxílio da terapia de casal.

Incrível como, mesmo divididos entre o gostar e o mal-estar nesse estágio da relação, muitos casais compreendem os comportamentos inadequados que estão prejudicando a relação, desenvolvem novos meios de comunicação e controle das emoções e sentimentos, passam a ganhar mais propriedade e segurança em suas ações e muitas vezes o resultado é satisfatório para todos.

 

Isso porque, dado o envolvimento de cada pessoa na relação, (cada um com sua mágoa) surge a dificuldade de analisar cada situação, por esse motivo, a intervenção profissional tem ajudado muitos casais a superar tudo isso. Por isso, se vc está sofrendo em função do ciúme possessivo, procure ajuda agora mesmo.

Dr. Elídio Almeida
Psicólogo | CRP 03/6773
(71) 98842-7744 Salvador – Bahia
elidioalmeida.com

Elídio Almeida
elidio@elidioalmeida.com

Psicólogo formado pela Universidade Federal da Bahia – Ufba, especialista em Terapia de Casal & Família, membro da Association for Behavior Analysis International (ABAI). Psicólogo clínico, faz atendimento individual, para casais e famílias. Oferece cursos de desenvolvimento pessoal, palestras, orientação vocacional e avaliação psicológica.

No Comments

Deixe uma resposta