bulimia-esconder-comida bulimia psicólogo em salvador

Bulimia Nervosa:
entre o prazer e a culpa na alimentação.

Bulimia Nervosa. Os transtornos alimentares são perturbações no comportamento alimentar que trazem diversos prejuízos. Nas últimas décadas, a incidência destes transtornos aumentou significativamente. Um dos principais fatores relacionados é o fator sócio-cultural. Ou seja, os valores presentes na sociedade. Tais valores são comumente difundidos em nossa sociedade.

 

 

bulimia psicólogo em salvador terapia

 

Os modelos de forma física e aparência tidos como corretos sempre perpassam pela aparência estética do corpo, sobretudo, a magreza. A mensagem de que a beleza, a felicidade e o autovalor estão associados a um corpo magro é constante, podendo gerar preocupações extremas com o peso e formato corporal. Nesse contexto, algumas pessoas tentam se adequar a esse padrão de beleza imposto a qualquer custo, esperando serem aceitas e valorizadas. E este é um contexto propício para a instalação de um grave transtorno alimentar: a bulimia nervosa.

A bulimia nervosa e a pressão social.

Além de ditar padrões de magreza, nossa sociedade incentiva muito mais hábitos de alimentação não saudáveis, fazendo com que os valores alimentares sejam invertidos.

Teoricamente, bulimia significa apetite e a classificação nervosa está relacionada à compulsão. O quadro de bulimia nervosa é caracterizado pela presença de episódios bulímicos, ou seja, momentos onde a pessoa tem compulsão alimentar – come uma grande quantidade de alimento em curto período de tempo -, caracterizando falta de controle sobre o comportamento alimentar. Em seguida, ela tem comportamentos compensatórios, para prevenir o ganho de peso, como vômitos auto-induzidos, uso inadequado de laxantes, diuréticos, enemas e outros medicamentos, dieta restritiva, jejum, exercícios excessivos exagerados.

 

 

bulimia psicólogo em salvador tratamento

 

 

No geral, estas pessoas se veem extremamente divididas. Sentem além da necessidade orgânica de se alimentar, prazer e alto nível de satisfação com a ingestão de alimentos. Por outro lado, têm alto gasto de energia psíquica associada ao sentimento de culpa no intuito de manter ou perder o peso idealizado.

A autoavaliação que a pessoa acometida pela Bulimia Nervosa possui é inadequadamente influenciada pelo peso e forma corporal acompanhada por um medo excessivo de engordar. A atitude em relação ao peso é extrema: pesam-se compulsivamente ou evitam a balança e tendem a se considerar sempre acima do peso. Também, normalmente encontram-se presas a um ciclo vicioso, iniciado com regimes rigorosos e dieta restritiva.

 

 

bulimia psicólogo em salvador elídio almeida

 

 

É uma doença só das mulheres?

Muitas pessoas costumam achar que a Bulimia Nervosa atinge somente mulheres, mas isso não é verdade. A Bulimia Nervosa atinge mulheres e homens, o que muda é apenas a incidência entre os sexos. Culturalmente, os padrões de beleza ditados pela sociedade são muito mais rigorosos com as mulheres e, consequentemente, elas se engajam mais nos comportamentos bulímicos.

Tais padrões estabelecem um estado de privação que aumenta a probabilidade de engajamento em nova compulsão alimentar que, por sua vez, aumentam os comportamentos compensatórios, como o vômito. Em seguida, o vômito é mantido pela redução do desconforto físico decorrente da distensão abdominal e pela redução do medo de engordar, tornando um redutor geral da ansiedade. Nesse caso, ele torna um fim em si mesmo, pois o que a pessoa julga ser a solução, na realidade mantém o problema.

 

 

bulimia psicólogo em salvador

 

Os episódios de compulsão geram culpa, sentimento de fracasso e medo de engordar. Já os comportamentos compensatórios, geram alívio imediato e também culpa e vergonha. A Bulimia Nervosa produz alterações cardiovasculares, gastrointestinais, hidroeletrolíticas e metabólicas nocivas à saúde. Secundariamente aos vômitos, pode-se observar desgaste dentário, hipertrofia das glândulas salivares e cicatrizes no dorso da mão. O tratamento analítico comportamental é direcionado para o estabelecimento de comportamentos adequados, isto implica na extinção de regimes e dietas restritivas.

 

 

 

Dr. Elídio Almeida
Psicólogo | CRP 03/6773
(71) 98842-7744 Salvador – Bahia
elidioalmeida.com

Elídio Almeida
elidio@elidioalmeida.com

Psicólogo formado pela Universidade Federal da Bahia – Ufba, especialista em Terapia de Casal & Família, membro da Association for Behavior Analysis International (ABAI). Psicólogo clínico, faz atendimento individual, para casais e famílias. Oferece cursos de desenvolvimento pessoal, palestras, orientação vocacional e avaliação psicológica.

No Comments

Deixe uma resposta