Como lidar com a solidão.

É muito comum encontrarmos pessoas preocupadas com a solidão ou em como lidar com ela. Solidão parece estar muito mais relacionada à um sentimento do que à falta real de companhia, afinal, pode-se sentir solidão mesmo estando entre muitas pessoas.

Para analisar em particular cada caso de solidão é importante “mapear” esse sentimento, descobrindo quando ele aparece com mais intensidade, quando é mais fraco, quais são as situações em que ele aparece ou quem está presente ou se ausenta quando ele aparece. Esse mapeamento ajuda a gente a se conhecer melhor e a lidar melhor com os sentimentos. Também podemos procurar meios para fazer coisas que nos façam sentir bem.

A solidão, inevitavelmente nos leva à reflexão sobre os relacionamentos humanos. Muitas vezes colocamos expectativas altas demais em relação às outras pessoas ou interpretamos as coisas que acontecem de uma maneira que nos faz sofrer mais que o necessário. É comum a gente pensar coisas do tipo “o que eu fiz de errado para ser tratado assim?,ninguém gosta de mim!” ou “as pessoas estão sempre com raiva de mim e parecem não notar que existo”… Na realidade, tentemos a não nos concentrar no que aconteceu e buscarmos soluções concretas e esse que deve ser o foco.

Um aspecto interessante a ser lembrado é que nossas atitudes para com as outras pessoas influenciam as atitudes que elas têm com a gente. É uma via de mão dupla, uma troca. Assim como as outras pessoas sinalizam se estão bem ou mal e o que esperam de nós, também determinamos ou damos sinais de como os outros devem agir conosco. Normalmente, damos dicas de que não queremos intimidades ou de que queremos nos aproximar. No entanto, nem sempre sabemos se estamos dando corretamente essas dicas ou se elas estão sendo interpretadas como gostaríamos. Às vezes, é necessário reavaliar a maneira pela qual damos esses sinais aos outros. 

Essa reavaliação pode ser útil para descobrirmos novas formas de interagir com o mundo e buscar estratégias para diminuir a solidão e outros sentimentos ruins e favorecer as condições que trazem mais oportunidades para que os sentimentos bons apareçam.

Elídio Almeida
Psicólogo | CRP 03/6773
(71) 8842 7744 - Salvador – Bahia
elidioalmeida.com

 



Author:Elídio Almeida

Elídio Almeida é psicólogo formado pela Universidade Federal da Bahia – Ufba, membro da ABA (Association for Behavior Analysis International), membro da ABRAPIA (Associação Brasileira multiprofissional de Proteção à Infância e à Adolescência), atua como psicoterapeuta clínico na perspectiva da análise funcional do comportamento, atendendo adolescentes e adultos. Também, é professor, ministra cursos de qualificação profissional e presta serviços de consultoria, pesquisas, psicodiagnósticos, avaliação psicológica, orientação vocacional, treinamento e desenvolvimento de pessoas.

4 Comentários para “Como lidar com a solidão.”

  1. 19/10/2012 at 10:11 #

    Olha foi um achado muito boa esta reportagem me ajudou muito e tmbém to passando a muitas pessoas que eu o conheço..
    as pessoas só não sabe como lidar eu tmbém mesmo com gentes por perto sinto muitas solidão tmbém li e reli tudo vale apenas ler o que falta nesta vida é pessoas com mais amor e que tmbém colabore com as outras pessoas com um simples gesto.. grato e muito obrigado pela oportunidade de nos colocar esta matéria..

  2. 19/10/2012 at 10:52 #

    Olá Maria, muito obrigado pela vista e pela divulgação. Fico feliz que tenha ajudado e espero poder ajudar ainda mais.

  3. Giuliana Fletcher
    26/12/2012 at 1:16 #

    Olá Elídio, adorei ler sua matéria, tenho tido muitos problemas em relação a solidão. A pouco tempo me mudei e passei bastante tempo longe dos meus amigos, após isso todas as vezes em que os vejo eles sempre estão distantes, diferentes, muitas vezes me tratam mal ou me ignoram e não sei como lidar com isso. Sou filha mais velha de pais separados, moro com minha mãe e também não mantemos uma relação muito boa, então esperava contar com meus amigos mas já vi que não os o possuo mais… Ainda bem que tenho um namorado maravilhoso que me dá todo o apoio e amor do mundo, mas sempre há aquela sensação de ausência na minha vida, não sei como lidar com isso fico chateada e desconto em pessoas que não mereçem… Por favor, peço sua ajuda, grata desde já.

  4. 08/01/2013 at 11:23 #

    Olá Giuliana!
    Obrigado contato. Compreendo sua situação. Penso que a psicoterapia poderia lhe ser bastante útil para compreender melhor toda essa situação e encontrar possibilidades de mudança. Se puder ajudar de alguma forma estarei à disposição.

Deixe aqui o seu comentário